Organização e Fluxo Curricular

Entrei no Mestrado. O que fazer para concluir o curso?

O Mestrado em Comunicação tem duração de 24 meses e se organiza em parte curricular e defesa de Produto Final (Dissertação de Mestrado). A parte curricular exige o cumprimento de disciplinas obrigatórias e optativas e de atividades curriculares. Toda a parte curricular do curso de Mestrado se organiza em torno da obtenção de créditos.

Para obter o grau de Mestre em Comunicação, o (a) aluno (a) também deve cumprir os seguintes requisitos:

I. Cumprir o prazo regular de permanência no curso de, no mínimo, 18 meses, e de, no máximo, 24 meses;

II. Integralizar os componentes curriculares em disciplinas e em atividades curriculares, respeitados os créditos mínimos exigidos (ver abaixo);

III. Ser aprovado(a) em exame de proficiência em língua estrangeira, segundo critérios determinados pelo Regimento Interno;

IV. Ser aprovado(a) em exame de qualificação em até 18 meses, contados da data da matrícula inicial;

V. Ser aprovado(a) na defesa pública do Produto Final (Dissertação de Mestrado)

Créditos e Fluxo Curricular

Quantos créditos preciso cumprir?

Além da qualificação e da defesa de uma dissertação de mestrado, o aluno regular precisa cumprir ao menos 24 créditos em disciplinas e em atividades curriculares, distribuídos da seguinte maneira:

a) 12 (doze) créditos em disciplinas obrigatórias ofertadas pelo PPGCOM;

b) 08 (oito) créditos em disciplinas optativas no mínimo, ofertadas pelo PPGCOM ou por outro Programa reconhecido pela CAPES;

c) 04 (quatro) créditos em atividades curriculares, no mínimo.

* Em breve, o PPGCOM divulgará a tabela oficial de atividades curriculares, aprovada pelo Colegiado.
Fluxo Curricular: como organizar a vida no mestrado?

Após a matrícula inicial, o estudante tem o prazo regular de 24 meses para realizar o curso de mestrado, distribuídos em 4 semestres letivos. Abaixo, uma demonstração do fluxo curricular do PPGCOM. Abaixo, uma demonstração do fluxo curricular.

1º semestre
Comunicação e Poder: perspectivas teóricas e epistemológicas
Metodologias da Pesquisa em Comunicação 
Disciplina (s) Optativa (s) (Sugere-se a realização de apenas uma optativa no 1º semestre) 

2º semestre
Seminário de Pesquisa
Disciplina (s) Optativa (s)

3º semestre
Disciplina (s) Optativa (s)
Qualificação 

4º semestre
Homologação das atividades curriculares 
Defesa da Dissertação 

* A disciplina "Estágio de Docência" é obrigatória apenas alunos bolsistas. Recomenda-se a sua realização a partir do 2º semestre.

Confira as disciplinas obrigatórias e optativas do PPGCOM

Disciplinas Obrigatórias

O aluno regular precisa cumprir 3 disciplinas obrigatórias. Estas devem ser cumpridas no primeiro ano do curso. No primeiro semestre, o estudante deve cumprir as disciplinas: “Comunicação e Poder: perspectivas teóricas e epistemológicas” e “Metodologias da Pesquisa em Comunicação”. No segundo semestre, deve cursar a disciplina “Seminário de Pesquisa”.

Comunicação e Poder: perspectivas teóricas e epistemológicas (4 créditos)

Ementa: Discute e aprofunda questões relativas aos entroncamentos e desafios teóricos, conceituais e epistemológicos existentes na relação entre a sociedade e os fenômenos comunicacionais na atualidade. Funciona como espaço de reflexão em torno das questões epistemológicas centrais que sustentam as relações entre política, cidadania, estéticas e narrativas. Reflete sobre as proposições teóricas recentes e canônicas como forma de problematizar a investigação quantitativa e/ou qualitativa sobre as práticas de comunicação na atualidade. Insere o pesquisador no âmbito das escolhas existentes nas teorias da comunicação e a intersecção com outros campos do saber oriundos da sociologia, antropologia, filosofia, entre outros, para pensar as múltiplas relações de poder no mundo contemporâneo.

Metodologias de Pesquisa em Comunicação (4 créditos)

Ementa: A disciplina propõe-se a discutir os pressupostos do conhecimento científico ao longo da história em conjunto com aspectos epistemológicos e suas diferenças entre marco conceitual, métodos, técnicas e procedimentos de coleta e análise de dados nos projetos em desenvolvimento no mestrado. Diante desse objetivo, o processo de debate e aprimoramento dos projetos pretende ser realizado em três momentos: (I) aprofundamento de questões epistemológicas, o desenvolvimento, a história e os paradigmas científicos nas relações teórico-metodológicas das pesquisas no campo da comunicação; (II) as escolhas e pressupostos da pesquisa diante de técnicas e abordagens em investigações quantitativas e/ou qualitativas; (III) a discussão sobre os projetos de pesquisa em desenvolvimento e seu aprimoramento na formulação do problema, definição dos objetivos, referencial teórico e procedimentos metodológicos que proporcionam a coerência da pesquisa.

Seminário de Pesquisa (4 créditos)

Ementa: Organiza-se como espaço de debate e contribuições conjuntas entre os pesquisadores em seus respectivos projetos de dissertação a partir das discussões iniciadas na disciplina de Metodologias da pesquisa em Comunicação. Entende-se que a importância das relações em grupo no desenvolvimento das investigações decorre do processo de diálogo entre os pesquisadores como resultado da heterogeneidade existente na Comunicação. Auxilia no desenvolvimento das dissertações, abordando escolhas epistemológicas, metodológicas e sua articulação com sujeitos e objetos, de forma a aprimorar os projetos de pesquisa. A disciplina promove um seminário aberto ao público no qual os pós-graduandos têm a oportunidade de apresentar seus projetos de pesquisa aprimorados com as discussões realizadas no decorrer do curso.

Disciplinas Optativas

As disciplinas optativas serão escolhidas pelo (a) mestrando (a) considerando a oferta do semestre, com a concordância do seu orientador. 

Cidadania e Representações Mídiáticas (4 créditos)

Ementa: Estudo das relações conceituais entre comunicação, mídia e cidadania. Representações sociais, mediação e participação. Processos culturais e comunicacionais de contestação e resistência. Comunicação e movimentos sociais. A mídia como instrumento de representação das identidades. Representações midiáticas e relações de classe, étnico-raciais e de gênero. Juventudes, infâncias e mídia. O processo comunicacional enquanto práxis político-pedagógica. Leitura crítica da mídia e cidadania. Propõe-se pensar essas questões por meio de uma visão epistêmica que toma a comunicação como arena política, a qual articula enfrentamentos sociais, produção de sentidos e relações de poder.

Comunicação, Mediação e práticas socioculturais (4 créditos)

Ementa: Discussão teórico-metodológica abordando temas ligados à comunicação, à cultura, à identidade e às narrativas de modo articulado. Enfoca a diversidade cultural, as relações de poder, as subjetividades, as mobilidades e as manifestações dos sujeitos, agentes dos processos comunicacionais, inseridos em distintos contextos de ativismos, (in)visibilidade, gerando a produção de poder simbólico.

Comunicação, Mídia e Política (4 créditos)

Ementa: Estuda as relações entre comunicação, poder e democracia no contexto das atuais sociedades midiatizadas. Compreende os complexos fenômenos derivados da intersecção entre os campos político, midiático e judicial, suas práticas, processos e narrativas. Estuda as transformações na esfera pública e na opinião pública. Analisa a influência das teorias políticas na compreensão da centralidade da comunicação nas atuais lógicas de midiatização da política e da democracia. O espaço da política nos meios de comunicação. Esfera pública e escândalo político. Os sentidos construídos sobre a atividade política na contemporaneidade. A midiatização da justiça. A política frente às mídias digitais. Comunicação e sociedade civil. Deliberação e democracia digital. Novos regimes de mediação. Geografias locais e regionais como espaço de expressão do poder midiático e sua relação com o poder político.

Comunicação e Desigualdades de Gênero (4 créditos)

Ementa: Diversidade de gêneros e cidadania. Desigualdades de gênero e disputas de poder no campo comunicacional. Construção de estereótipos no processo comunicativo. Heteronormatividade e machismo nos contextos comunicativo e acadêmico. A discussões de gênero a partir de feminismos negro e do hemisfério Sul. Construção e performance de gênero. Gênero e processos de subjetivação. A pesquisa em comunicação a partir de epistemologias feministas. O lugar de fala e articulações entre filosofia e comunicação. Interseccionalidade,consubstancialidade e a desestabilização do campo comunicativo frente à combinação de opressões que constitui os sujeitos.

Comunicação Ambiental, Sustentabilidade e Poder (4 créditos)

Ementa: Possibilita uma visão holística sobre a complexidade do meio ambiente na sociedade contemporânea, com reflexões a respeito da produção e análise da comunicação ambiental em diferentes mídias e ações de ecopropaganda, assim como pensar na comunicação ambiental de forma engajada, consciente e transformadora de paradigmas, particularmente nos contextos regionais marcados por conflitos de poder na área ambiental.

Dispositivos midiáticos e relações de poder (4 créditos)

Ementa: Investiga diferentes modos de produção, distribuição e difusão midiáticas, como as indústrias cinematográficas e televisivas, as produções independentes, comunitárias, as cinematecas e cineclubes, os coletivos artísticos e jornalísticos, as organizações culturais, os movimentos experimentais, entre outras instituições e arranjos tecnológicos e socioculturais enquanto dispositivos de controle, regulação, subversão e resistência que tensionam as relações de poder nos campos culturais, artísticos e midiáticos.

Estética, Narrativa e Discurso (4 créditos)

Ementa: Discute abordagens, conceitos e teorias voltados para a investigação estética e narrativa da imagem e/ou do som em suas diversas manifestações na fotografia, no cinema, na televisão, no rádio, no vídeo e nas mídias contemporâneas. A partir de um aparato teórico contextualizado, investiga obras de naturezas diversas, enquadrando-as em seus contextos históricos e buscando compreender seus discursos e regimes de sentido. São temas pertinentes ao escopo da disciplina: especificidades dos meios e processos audiovisuais, poéticas e técnicas de composição sonora e visual, estéticas e estilos, configurações narrativas, intertextualidades e intermidialidades, arranjos narrativos na cultura da convergência e regimes espectatoriais.

Narrativas em disputa no audiovisual (4 créditos)

Ementa: Aborda conteúdos relevantes aos debates contemporâneos sobre a produção midiática em seus aspectos estéticos, narrativos, políticos, culturais, institucionais, identitários e territoriais. Possibilita a flexibilização e a atualização do currículo, por meio da incorporação de novas pesquisas do corpo docente e da contribuição de professores visitantes e colaboradores externos ao programa, estimulando reflexões sobre questões não contempladas por outras disciplinas ofertadas.

Cinema e Filosofia: perspectivas audiovisuais e ativismos (4 créditos)

Ementa: Estuda cinema e filosofia: apreensões sobre junções/disjunções da imagem-som-texto nas escrituras fílmicas em seus diferentes contextos culturais; processos de montagem e sistemas de significação. Audiovisual, Política e Poder: ativismos, consumo e inovação. Experimentações de escrituras no contemporâneo: estudos de caso no Jornalismo Cinematográfico e Paper Audiovisual Científico.

Tópicos Especiais em Comunicação I (2 créditos)

Ementa:  Aborda conteúdos relevantes aos debates contemporâneos sobre os processos comunicacionais relacionados à política, cidadania e democracia. Possibilita a flexibilização e a atualização do currículo, por meio da incorporação de novas pesquisas do corpo docente e da contribuição de professores visitantes e colaboradores externos ao programa, estimulando reflexões sobre questões não contempladas por outras disciplinas ofertadas pela Linha 1 “Política e Cidadania”.

Tópicos Especiais em Comunicação II (2 créditos)

Ementa: Aborda conteúdos relevantes aos debates contemporâneos sobre a produção midiática em seus aspectos estéticos, narrativos, políticos, culturais, institucionais, identitários e territoriais. Possibilita a flexibilização e a atualização do currículo, por meio da incorporação de novas pesquisas do corpo docente e da contribuição de professores visitantes e colaboradores externos ao programa, estimulando reflexões sobre questões não contempladas por outras disciplinas ofertadas.

Estágio de Docência (2 créditos)

Ementa: Visa complementar a formação didático-pedagógica, objetivando a preparação para a docência e a qualificação do corpo discente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFMT, de acordo com as normas especificadas no Regimento Interno. Disciplina obrigatória para bolsistas e optativa para não-bolsistas. 

Acessbilidade